junho 27, 2011

***** O CINEMA VAI À SEGUNDA GUERRA MUNDIAL


ralph fiennes em "a lista de schindler"
Uma seleção do melhor que o cinema rodou a respeito do monstruoso conflito bélico. Como a lista de 10 filmes é bastante minimalista, fica a pergunta: - Tiraria ou acrescentaria algum filme, caro leitor (a)?


1945
UM PUNHADO DE BRAVOS/Objective, Burma!
de Raoul Walsh
Com Errol Flynn
Batalhão de pára-quedistas norte-americanos segue em direção a Burma, Ásia, durante a ocupação japonesa, com a missão de localizar e explodir uma estação de radar. A missão é cumprida, mas quando os homens estão retornando à base são surpreendidos pelo exército nipônico. Realista e emocionante.


1945
ROMA, CIDADE ABERTA/Roma, Città Aperta
de Roberto Rossellini
Com Aldo Fabrizi e Anna Magnani
Em Roma, um dos líderes da Resistência é perigosamente perseguido pelos nazistas. Clássico que garantiu o estrelato aos geniais Magnani e Rossellini.
Grande Prêmio do Festival de Cannes


1952
BRINQUEDO PROIBIDO/Jeux Interdits
de René Clement
Com Brigitte Fossey e Georges Poujouly
Em junho de 1940, as bombas hitleristas assombram os franceses. Durante um bombardeio, uma menina de cinco anos fica órfã e é "adotada" por um menino de 11 anos filho de camponeses. Poético e inesquecível.
Leão de Ouro de Melhor Filme no Festival de Veneza


1953
A UM PASSO DA ETERNIDADE/From Here to Eternity
de Fred Zinnemann
Com Burt Lancaster, Montgomery Clift, Deborah Kerr, Frank Sinatra e Donna Reed
Às vésperas do ataque japonês a Pearl Harbor, soldados em Honolulu vivem seus conflitos neste clássico absoluto (ganhador de oito Oscar) que combina introspecção com grandes cenas de combate.
Oscar de Melhor Filme


1956
MORTE SEM GLÓRIA/Attack
de Robert Aldrich
Com Jack Palance, Lee Marvin e Eddie Albert 
Durante os últimos dias da Segunda Guerra Mundial, companhia de infantaria da Guarda Nacional tem a missão de tomar postos de observação de artilharia em uma posição estratégica, mas o conflito entre um tenente e seu covarde capitão é inevitável. Envolvente, profundo e devastador perfil do que é a guerra.


1957
A PONTE DO RIO KWAI/The Bridge on the River Kwai
de David Lean
Com William Holden, Alec Guinness, Sessue Hayakawa e Jack Hawkins
Um oficial inglês, prisioneiro dos japoneses, quer exibir a superioridade da engenharia britânica, construindo uma ponte para os adversários. Mas ela deverá ser destruída numa missão vital para os aliados. Obra-prima eletrizante com fabulosas interpretações.
Oscar de Melhor Filme
BAFTA de Melhor Filme
Globo de Ouro de Melhor Filme-Drama


1993
A LISTA DE SCHINDLER/Schindler’s List
de Steven Spielberg
Com Liam Neeson, Ralph Fiennes e Ben Kingsley  
A história do bon vivant membro do partido nazista que salva judeus do extermínio empregando-os em sua fábrica é contada com perfeição. Além do apuro visual, chama a atenção a visão crítica do filme, que flagra o suborno e a corrupção, além da crueldade do regime.
Oscar de Melhor Filme
BAFTA de Melhor Filme
Globo de Ouro de Melhor Filme-Drama


1998
ALÉM DA LINHA VERMELHA/The Thin Red Line
de Terrence Malick
Com Sean Penn, Adrien Brody, Jim Caviezel, Nick Nolte e George Clooney
O resultado do combate de Guadalcanal influenciará fortemente o avanço dos japoneses no Pacífico. Então um grupo de soldados norte-americanos é enviado para lá para ajudar as unidades já em batalha, conhecendo o verdadeiro terror da guerra. Obra-prima inquestionável. Pena que Malick filme tão pouco.
Urso de Ouro de Melhor Filme no Festival de Berlin


2004
A QUEDA! – AS ÚLTIMAS HORAS DE HITLER/Der Untergang
de Oliver Hirschbiegel
Com Bruno Ganz
Reconstituição dos últimos dias do império nazista, de 30 de abril e 8 de maio de 1945. Este período abrange o último aniversário de Hitler, seu casamento com Eva Braun, seu suicídio e o cessar fogo completo entre a Alemanha e as tropas vencedoras da União Soviética. Sincero filme onde se destaca a impressionante atuação de Bruno Ganz.


2007
KATYN/idem
de Andrzej Wajda
Com Artur Zmiejwski
Em abril de 1940, na floresta de Katyn, Polônia, soviéticos executam cerca de 22.000 oficiais poloneses que se encontravam há meses presos em campos de concentração. Indicado ao Oscar de filme estrangeiro, o drama dirigido pelo veterano cineasta polonês Andrzej Wajda revisita a verdadeira história por trás de um dos maiores massacres da Segunda Guerra Mundial.

"um punhado de bravos"
---------------------------------------------------
CONFIDENCIAL

ISABELLE ADJANI E DANIEL DAY-LEWIS

Eles formavam um dos casais mais bonitos do cinema, estavam no auge do sucesso e viviam uma tempestuosa relação de cerca de cinco anos. Ambos sempre conservaram a reputação mítica de só fazer o que lhes interessam, com longos intervalos no cinema para atuarem nas ribaltas. Quando o tablóide francês “Voici” publicou em 1994 que a temperamental Isabelle Adjani, aos 39 anos, estava grávida de Daniel Day-Lewis, todo mundo começou a imaginar como esta criança seria linda. O triste desta história é que a estrela de “Camille Claudel/Idem” (1988) comunicou a Daniel que ele seria pai através de um recado por fax. Em resposta, o ator britânico terminou o romance com a mesma moeda: via fax. Rompendo com ela, Daniel Day-Lewis rompeu também com o filho Gabriel-Kane. É como se ele não existisse. O assunto ainda é tabu para ele. É só falar no Gabriel que o ator interrompe qualquer entrevista. Atualmente vive a maior parte do tempo na Irlanda com a nova mulher, a cineasta e escritora Rebecca Miller, filha de Arthur Miller. Têm dois filhos e conserva um apartamento em Nova Iorque. Adjani se envolveu um tempo com o compositor Jean-Michel Jarre e atualmente filma “Projet A.A.”.

39 comentários:

Rafael W. disse...

A Lista de Schindler é o melhor filme já feito sobre esse tema. FATO.

http://cinelupinha.blogspot.com/

Enaldo disse...

O melhor filme de cenas de guerra, para mim, continua sendo Saving Private Ryan, mas muita gente boa torce o nariz por ser um blockbuster. Eu não gostei de Além da Linha Vermelha, achei um pouco piegas. Eu acrescentaria também "A infância de Ivan",de A.Tarkovsky.

Excelente lista a sua.

Hugo disse...

Sua lista é muito interessante e por sinal estou para assistir "Katyn".

A Segunda Guerra é um dos temas que mais foram explorados pelo cinema.

Abraço

Andre de P.Eduardo disse...

Excelente lista! dá pra enumerar vários, mas os lembrados aqui são muito bons!
(PS: opinião- o blogue ficaria melhor sem esse treco tocando música!)
Abraços!!

Júnior Ahzura disse...

Os filmes de guerra foram tantos, que se tornaram um gênero, não que fossem, mas acho que sabe do que estou falando.


Ahzura's Blog

Kley disse...

Meu filme de guerra preferido não é sobre a guerra citada, mas sobre o Vietnã: Apocalypse Now. Quanto a melhor drama de guerra (2ª Guerra), meu preferido absoluto é A Lista de Schindler. O meu filme preferido sobre a II Guerra Mundial é O Resgate do Soldado Ryan. Além dos filmes citados pelo Antonio (não assisti a uns dois deles), outros que gosto muito são:
Hiroshima, Meu Amor
Patton: Rebelde ou Herói?
O Túmulo dos Vagalumes
O Pianista
O Barco - Inferno no Mar
A Vida é Bela
O Mais Longo dos Dias
Esperança e Glória
Agonia e Glória
Filhos da Guerra
O Império do Sol
Cartas de Iwo Jima
Desejo e Reparação
Bastardos Inglórios

Andre de P.Eduardo disse...

Os comentários do FB vem automaticamente pra aqui? (risos)
Um filme que poderia entrar, ao menos eu colocaria: Cinzas e diamantes, do Wajda. Ou Cruz de Ferro, Peckinpah. 2.a guerra tem assunto...

Rato disse...

Me perdoe a franqueza, caro Nahud, mas esta sua lista é deveras minimalista, onde primam pela ausência algumas obras fundamentais relacionadas com a 2ª Guerra Mundial. Não ver aqui mencionados filmes como "The Great Dictator" (1940), "The Longest Day" (1962) ou "La Caduta Degli Dei / The Damned" (1969) é mesmo imperdoável. E depois existe um longo período (1957-1993), em que não é referido qualquer filme, sendo os possíveis exemplos muitos e variados: "La Ciociara" (1960), "Guns of Navarone" (1961), "The Great Escape" (1963), "The Dirty Dozen" (1967), "Night of the Generals" (1967), "Patton" (1970), "Johnny Got His Gun" (1971), "A Bridge Too Far" (1977), só para citar meia dúzia de clássicos. Na actualidade, "The Boy in the Striped Pyjamas" (2008) e "Inglourious Basterds" (2009) também são presença obrigatória.
O melhor é mesmo fazer um TOP20

O Rato Cinéfilo

Nowhereman disse...

Na verdade esta lista representa muito pouco o cinema feito ao longo dos anos com a 2ª Guerra Mundial como pano de fundo.
Como diz aí o Rato o melhor era mesmo fazer um TOP mais alargado.
Respondendo ao seu desafio, eu substituíria pelo menos "Objective, Burma!", "Attack", "The Thin Red Line" por "The Great Dictator" (concordo com o Rato, o filme do Chaplin deveria estar sempre em qualquer lista, mesmo minimalista), "The Damned" e "Inglorious Basterds".
Ainda não vi o recente filme de Wajda, mas lembro o "Kanal / Morrer Como um Homem", que é também incontornável. Ou também o polaco "A Passageira" (de Munk) ou a "Infância de Ivan" (Tarkovski) ou "Paris Já Está a Arder" ou "O Dia Mais Longo" ou...ou...ou...
Não tem remédio, Nahud, você tem mesmo de aumentar a lista ou isto não tem representatividade coisa nenhuma.

pinguim disse...

Uma lista destas é obrigatoriamente muito pessoal e 10 é um número pequeno para tanta obra prima.
Concordo que todos os filmes citados, são excelentes, apenas me faltando ver o filme polaco.
Distingo essencialmente o melhor de todos: "A Lista de Schindler".

Marcelo Bonavides disse...

A Lista de Schindler é excelente. Recentemente assisti o francês La Rafle, muito bom!

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

Enaldo, O RESGATE DO SOLDADO RYAN é muito bom. Impecável. Já ALÉM DA LINHA VERMELHA é pura poesia. Nunca vi A INFÂNCIA DE IVÃ. Preciso dar um jeito nisso.

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

André, segui seu conselho e o blog ficará algum tempo sem o fundo musical.

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

De que se trata O TÚMULO DOS VAGALUMES, Kley? Nunca ouvi falar.

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

CINZAS E DIAMANTES é realmente precioso, André. A CRUZ DE FERRO nem tanto.

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

Chaplin, Visconti e o filme de J. Lee Thompson realmente merecem estar entre os melhores, Rato. Mas foi bastante difícil escolher apenas 10 filmes, afinal sou fanático por filmes de guerra.

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

Nowhereman, ATTACK é perfeito. Não me canso de rever. Nunca vi os filmes de Munk e Tarkovski. Mas BASTARDOS INGLÓRIOS nem pensar... que filmeco...

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

Marcelo, não conheço LA RAFLE. É recente?

debora disse...

Que casal 20, né? Adjani e Day-Lewis. Lindos! Mas a moça tem cara de neurótica... e dizem que o ator inglês também não é nada fácil.

Ligéia disse...

Antonio, sua lista é ótima, a do Kley idem. O Resgate do Soldado Ryan,A Lista de Schindler, O Pianista, A Vida é Bela, Império do Sol estão entre os meus preferidos. Eu acrescentaria ainda "A Escolha de Sofia".
Bastardos Inglórios, filmeco??!! (rs)

Kley disse...

Obrigado, Ligéia.
Antonio, Túmulo dos Vagalumes é uma belíssima animação japonesa que fala sobre um jovem e sua pequena irmã que precisam se virar em meio à guerra. Eles passam por todos os tipos de situações e humilhações quando querem apenas sobreviver. É um dos filmes mais tristes que já assisti. O final é de arrancar lágrimas e nos mostra o que a guerra é capaz de fazer.

Tiago Vitória disse...

A temática da II Guerra Mundial fascina-me imenso e esta lista merece a minha atenção!

linezinha disse...

excelente lista Antonio,dos meus preferidos dos seus 10 é a A Lista de Schindler e Roma,cidade aberta.
vi umas fotos recentes da Isabelle e achei que ela envelheceu tão mal

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

Pois é, Linezinha, a Isabelle envelheceu pessimamente. Aos 56 anos já não tem nenhum frescor, optou por plásticas que a deixaram sem expressão, quase uma boneca. Que diferença da Isabelle Huppert, da mesma geração dela.

Rubi disse...

Olha, vou te confessar uma coisa; eu adoro filmes de Guerra. Depois que assisti Wings, comecei a me interessar pelos filmes do gênero. É uma produção e tanto, e os efeitos impressionam. Ótimas indicações, vou inclusive anotar alguns que ainda não assisti.

Jamil disse...

O esplêndido "A Ponte do Rio Kwai" é um dos filmes de guerra mais belos de todos os tempos.O talento do diretor de "Lawrence da Árabia" nunca ficou mais evidente do que nesta fita onde tudo se encaixa com maestria. Uma obra-prima no gênero.

Jamil disse...

Antonio, gosta dos franceses "Paris Está em Chamas?" e "O Exército das Sombras?".

Leandra disse...

A Isabelle Adjani é uma das melhores atrizes francesas, tem papéis maravilhosos no cinema... Adele H, Rainha Margot, Camille Claudel...Não perco nenhum filme dela.

Leandra Leal

GIANCARLO TOZZI disse...

Isabelle Adjani envolveu-se mais recentemente em novos escândalos: teria sido enganada pelo médico Stéphane Delajoux, seu ex-namorado, do qual exige 150 mil euros que deu a ele quando estavam juntos para a criação de uma sociedade de informação médica pela internet que não existe. Após ter pedido várias vezes a Delajoux para que devolva essa quantia, todas sem sucesso, a atriz anunciou que está disposta a recorrer aos tribunais. Em contrapartida, acaba de ser interrogada pela polícia sobre acusações de que teria mandado um guarda-costa bater no ex-namorado. Delajoux foi atacado em dezembro de 2009, logo após o fim de seu relacionamento de cinco anos com Adjani.

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

ASAS é realmente um ótimo filme, Rubi. Com excelentes cenas de batalhas aéreas.

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

Muitíssimo, Jamil. Tanto o filme de Clement como o de Melville são exercícios cinematográficos realistas e adornados por grandes atores.

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

Também acho a Isabelle fantástica, Leandra. Pena que trabalhe tão pouco. Deveria aproveitar melhor o seu tempo - tudo passa - e trabalhar com mais afinco como a Huppert ou a Deneuve.

André Renato disse...

Um dos meus prediletos sobre a II Guerra é "O Trem", de John Frankenheimer...

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

O TREM é um thriller de guerra muito bom, André. Pura tensão com elenco de primeira. É a fase áurea de Frankenheimer.

Marcelo C,M disse...

De todos dessa lista, infelismente, não vi Roma: Cidade Aberta. Até cheguei a alugar uma vez só que o disco estava trancando sempre dai simplesmente não deu. Foi mais um motivo para eu largar de mão locadora e começar baixar ou comprar filmes gradualmente.
Historias da segunda guerra mundial é o que não faltam, seja sobre o que aconteceu com os judeus, seja as inumeras historias dos soldados americanos entrando no conflito. Outro belo exemplo a ser citado é O Menino de Pijama Listrado, com uma trama delicada e um final arrazador para qualquer pessoa que for assistir.

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

O Menino de Pijama Listrado é realmente comovente, Marcelo.Me surpreendeu.

Pierre disse...

O Famoso Leãao ;D
Valeu pela visita em meu bloog =)

Anônimo disse...

O primeiro filme de guerra que assisti foi:"Tigres Voadores"(Flying Tigers),1942-produzido pela extinta Republic,com John Wayne,John Carroll e Anna Lee.Pode até não ser o melhor dos filmes de guerra,mas é inesquecível.Naquele tempo,passava nas tardes da TV Tupi(TV Itacolomi em Minas).É curioso saber que enquanto Wayne fazia filmes,o brilhante ator James Stewart,tenente da força aérea do Tio Sam,atacava os alemães nas madrugadas da europa. Marcos Maurício/Minas

Faroeste disse...

Nahud;
Este tipo de seleção é sempre muito algo individual. Gosto de sua lista, mas na minha haveriam as alterações;
SAIRIAM
- Morte sem Gloria
- Katlyn e
- Por um Punhado de Bravos
NÃO VI
- Roma Cidade Aberta nem
- Brinquedo Proibido
ACRESCENTARIA
- Adeus Às Armas/57
- Guerra e Paz
- A Conquista da Honra e
- Os Canhoes de Navarone
E pontos extras para A Lista de Schindler.
jurandir_lima@bol.com.br
-