Caros Amigos

novembro 27, 2012

************* QUASE ESTRELAS: OS ATORES



mel ferrer

Dando continuidade ao nosso post anterior, listo desta vez quinze atores que chegaram perto do estrelato. São QUASE ESTRELAS em versão masculina.

BRODERICK CRAWFORD
(1911-1986)

Melhores Momentos:
“A Grande Ilusão / All the King’s Men” (1949), “Nascida Ontem / Born Yesterday” (1950), “Desejo Humano / Human Desire” (1954), “A Trapaça / Il Bidone” (1955)

Oscar de Melhor Ator por “A Grande Ilusão”
Globo de Ouro de Melhor Ator por “A Grande Ilusão”
Melhor Ator do Círculo dos Críticos de Cinema por “A Grande Ilusão”

CORNEL WILDE
(1912-1989)

Melhores Momentos:
“À Noite Sonhamos / A Song to Remember” (1945), “Amar Foi a Minha Ruína / Leave her to Heaven” (1945), “Entre o Amor e o Pecado / Forever Amber” (1947), “O Maior Espetáculo da Terra / The Greatest Show on Earth” (1952)

Concorreu ao Oscar de Melhor Ator por “À Noite Sonhamos”

GEORGE PEPPARD
(1928-1994)

Melhores Momentos:
“Herança da Carne / Home from the Hill” (1960). “Bonequinha de Luxo / Breakfast at Tiffanys” (1961), “A Conquista do Oeste / How the West Waswon” (1962), “Os Vitoriosos / The Victors” (1963)

Melhor Ator Coadjuvante do National Board Review por “Herança da Carne”

JAMES GARNER
(n. em 1928)

Melhores Momentos:
“Sayonara / Idem” (1957), “Infâmia / The Children’s Hour” (1961), “Fugindo do Inferno / The Great Escape” (1963), “Vitor ou Vitória / Victor Victoria” (1982)

Concorreu ao Oscar de Melhor Ator por “O Romance de Murphy / Murphy's Romance”

JEFF CHANDLER
(1918-1961)

Melhores Momentos:
“Flechas de Fogo / Broken Arrow” (1950), “Lágrimas de Triunfo / Jeanne Eagels” (1957), “A Dez Segundos do Inferno / The Seconds to Hell” (1959), “Mortos que Caminham / Merrill’s Marauders” (1962)

Concorreu ao Oscar de Melhor Ator Coadjuvante por “Flechas de Fogo”

JOHN GARFIELD
(1913-1952)

Melhores Momentos:
“Boêmios Errantes / Tortilla Flat” (1942), “O Destino Bate à sua Porta / The Postman Always Rings Twice” (1946), “Acordes do Coração / Humoresque” (1946), “A Luz é para Todos / Gentleman’s Agreement” (1947), “Corpo e Alma / Body and Soul” (1947), “Resgate de Sangue  / We Were Strangers” (1949)

Concorreu ao Oscar de Melhor Ator por “Corpo e Alma”
Concorreu ao Oscar de Melhor Ator Coadjuvante por “Quatro Esposas / Four Daughters”

JOHN HODIAK
(1914-1955)

Melhores Momentos:
“Um Barco e Nove Destinos /  Lifebout” (1944), “Um Sino para Adano / A Bell for Adano” (1945), “Uma Aventura na Noite / Somewhere in the Night” (1946), “O Preço da Glória / Battleground” (1949),

MEL FERRER
(1017-2008)

Melhores Momentos:
“Lili / Idem” (1953), “Guerra e Paz / War and Peace” (1956), “As Estranhas Coisas de Paris / Elena et les Hommes” (1956), “E Agora Brilha o Sol / The Sun Also Rises” (1957), “A Queda do Império Romano / The Fall of the Roman Empire” (1964)

PAUL HENREID
(1908-1992)

Melhores Momentos:
“A Estranha Passageira / Now, Voyager” (1942), “Casablanca / Idem” (1942), “Sonata de Amor / Song of Love” (1947)

RICHARD BASEHART
(1914-1984)

Melhores Momentos:
“Horas Intermináveis / Fourteen Hours” (1951), “Baionetas Caladas / Fixed Baionets!” (1951), “A Estrada da Vida / La Strada” (1954), “A Trapaça / Il Bidone” (1955), “Os Irmãos Karamazov / The Brothers Karamazov” (1958)

Melhor Ator do National Board of Review por “Horas Intermináveis”
Melhor Ator Coadjuvante do National Board of Review por “Moby Dick / Idem”

RICHARD CONTE
(1010-1975)

Melhores Momentos:
“Uma Vida Marcada / Cry of the City” (1948), “Sangue do Meu Sangue / House of Strangers” (1949), “Mercado de Ladrões / Thieves’ Highway” (1949), “A Gardênia Azul / The Blue Gardenia” (1953), “Eu Chorarei Amanhã / I’ll Cry Tomorrow” (1955)

ROBERT CUMMINGS
(1910-1990)

Melhores Momentos:
“O Diabo é a Mulher / The Devil and Miss Jones” (1941), “Sabotador / Saboteur” (1942), “Em Cada Coração um Pecado / Kings Row” (1942), “Disque M para Matar / Dial M for Murder” (1954)

ROBERT STACK
(1919-2003)

Melhores Momentos:
“Sangue, Suor e Lágrimas / Fighter Squadron” (1948), “Casa de Bambu / House of Bamboo” (1955), “Palavras ao Vento / Written on the Wind” (1956), “Almas Maculadas / The Tarnished Angels” (1957)

Concorreu ao Oscar de Melhor Ator Coadjuvante por “Palavras ao Vento”

STEPHEN BOYD
(1931-1977)

Melhores Momentos:
“Estigma da Crueldade / The Bravados” (1958), “Ben-Hur / Idem” (1959), “A Queda do Império Romano / The Fall of the Roman Empire” (1964), “Viagem Fantástica / Fantastic Voyage” (1966)

Globo de Ouro de Melhor Ator Coadjuvante por “Ben-Hur”

ZACHARY SCOTT
(1914-1965)

Melhores Momentos:
“Sementes de Ódio / The Southerner” (1945), “Almas em Suplício / Mildred Pierce” (1945), “Eterno Conflito / Cass Timberlane” (1947), “A Adolescente / La Joven” (1960)
  

41 comentários:

El Bueno de Cuttlas disse...

Mel Ferrer puede que no triunfara como actor pero consiguió algo mucho mejor: compartir varios años de su vida con Audrey Hepburn (¡!)

Saludos cinéfilos

Hugo disse...

Da lista, acredito que James Garner foi quem teve a melhor e mais longa carreira.

Abraço

Marcos Pedini disse...

esswelece de "estelismo", nao passa de frescura, narcismo puro, e todos esse atores que voce elencou tem um lugarzinho, no coraçao de seus fãs. O Bob Stack, sou fã dele desde criança, na epoica do seriado Os Audaciosos, "the name of the game" e tingiu ocabelo de loiro, num filme que nao me corre o nome, no qual tenta sore como tourteiiro no Mexico, estrelismo nem sempre combina com talento, vide o rck hudson posando de valentao. John Garfield, pena nao ter vivo mais tempo

Fábio Henrique Carmo disse...

Acho que a lista das quase estrelas femininas tem mais "injustiças" do que a masculina. O Mel Ferrer, por exemplo, foi um baita canastrão, sempre com aquela cara de coitado, mas teve a sorte de ter casado com ninguém menos que Audrey Hepburn, o que compensa qualquer eventual falta de sucesso em outros aspectos da vida.

siby13 disse...

Olá amigo Antonio, matéria muito boa, porém discordo. Jeff Chandler é uma ESTRELA sim!!! Fantástico ator que realizou milhares de filmes como protagonista e encantou o mundo com seu talento.

AMO!!!

Marcelo C,M disse...

Eles tem aquela cara que a gente já viu mas não sabe da onde.

Paul van Yperen disse...

Hello Antonio,

How are you? I would like to invite you for a guest appearance at my blog.
Unregularly I ask film historians, postcard collectors, colleague bloggers
and friends to select ten European Film Star Postcards they like.

The series is called The Choice of... You find an example here:
http://filmstarpostcards.blogspot.nl/2012/11/the-choice-of-manuel-palomino-arjona.html

If you like the idea, this is the way it works:

Select 10 cards. rom your own collection or ours at Flickr:
http://www.flickr.com/photos/truusbobjantoo/

Send met the scans (through You Send It or We Transfer) or the links and
submit a few lines of comments why you selected these cards.

That's all. I hope to hear from you.

Greetings from Amsterdam,

Paul van Yperen
Paramaribostraat 71 II
NL - 1058 VH Amsterdam

Elton Brasil disse...

VINGANÇA DO DESTINO ... com garfield é genial !

Elisandra Pereira disse...

John Garfield foi um injustiçado. Uma pena, pois ele foi um grande ator.

Edivaldo Martins disse...

DE TODOS OS CITADOS O MELHOR É JOHN GARFIELD;INFELIZMENTE MORREU MUITO CEDO E FOI PERSEGUIDO DURANTE A CAÇA AS BRUXAS..

renatocinema disse...

GEORGE PEPPARD é o que mais me recordo.

Concordo com o comentário do amigo Fábio Henrique: Mel Ferrer foi um grande sortudo......no casamento.


abraços

Gilberto Carlos disse...

Gosto de George Peppard e James Garner. A maioria dos outros não conheço.

disse...

Primeiro, muito bacana o novo cabeçalho do blog, bem colorido!
Todos os atores tiveram um momento inesquecível, como Stephen Boyd e George Peppard. Creio que John Garfield brilharia mais se tivesse vivido mais. Com certeza, Basehart e Broderick Crawford são meus favoritos, em especial pelo trabalho deles em "A Trapaça".
Abraços!

Suzane Weck disse...

Ola Falcão,Super bem escolhida tua lista.Entre eles houve melhores e piores atores,mas ASTRO,ao meu ver,nenhum.....Uma boa-noite e meu abraço.SU

Carlos José disse...

Olá Antônio,finalmente encontrei você e o Falção,

Parabéns,você ganhou mais um admirador

Carlos José.

Anônimo disse...


Esqueceram do Robert Walker que tinha talento, mas faleceu cedo demais. O ator Van Johnson também teve uma carreira longa no cinema, mas ficou ofuscado em muitos papéis.

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

Exato, El Bueno de Cutlas, o canastrão Ferrer foi um sortudo.

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

A melhor, talvez não, Hugo, mas a mais longa com certeza.

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

Sibely, Jeff Chandler morreu jovem, teve uma carreira curta. Mesmo popular, nunca foi contratado por um grande estúdio e fez poucos Filmes A. Mas era um bom ator.

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

Com certeza, Elisandra. O Garfield, baixinho e feio, era um assombro em cena.

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

Fico entre o Garfield e o John Hodiak, Edivaldo. Gosto também do Richard Conte.

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

Peppard está muito bem em "Bonequinha de Luxo", Gilberto. Foi o seu auge.

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

Grato, Lê. Abraços.

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

Obrigado, Carlos José. Apareça sempre.

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

Anônimo, o Robert Walker e o Van Johnson quase entraram nesta lista.

Rafael Carvalho disse...

Bem que essa(e)s caras estavam me parecendo assim desconhecidos...

Daniele Rodrigues de Moura disse...

Caramba, Antonio, que lista legal e que ideia boa vc teve. Primeiro as atrizes, agora os atores.
Muito bom!!
Um abraço
Dani

www.telaprateada.blogspot.com

Mario Salazar disse...

Peppard y desayuno en Tiffanys es una gran película, su acto más memorable, aunque yo lo recuerdo por la serie de tv, los magníficos, A-Team, al resto los ubico muy poco pero tomo nota de sus películas y mejores actuaciones. Un abrazo.

Caixa da Mari disse...

Adorei o post!
Não sabia que o Peppard era um quase famoso, é uma interessante descoberta.

P.S: Tem um selo pra você lá no blog. Último post

Mari
http://cxdamari.blogspot.com.br/

Gabriel França disse...

Grandes artistas!

http://monteolimpoblog.blogspot.com.br/

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

Grato pelo selo, Maro. Vou aparecer.

M. disse...

George Peppard e James Garner eu conheço. Mas os outros para mim é novidade! (Embora alguns não estejam mais vivos, não é?)

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

M., dessa lista somente James Garner continua vivo. Todos os outros já partiram. Garner tá fantástico em VITOR OU VITÓRIA e O ROMANCE DE MURPHY.

Rubi disse...

Todos, ótimos atores! O que dizer de Cornel Wilde em O Maior Espetáculo da Terra? Ou do eterno galã George Peppard em Bonequinha de Luxo? Que bela seleção de atores!

celso lima disse...

Esses dias revi "Sabotador" de Hitchcock com Robert Cummings, e meu Deus, que ator simpatico, além de muito bonitão (e Hitchcock tinha ressalvas com o elenco desse filme, mas acho injusto da parte dele, mesmo Priscila Lane esta ótima). Alias, o filme em blu-ray esta impressionante, a fotografia p&b se da muito bem no HD (a melhor midia inventada até hoje, graças!!)Ontem assisti "O Terceiro Tiro", e o Vistavision em HD é coisa seriiiissima!! Deslumbrante! Hoje é a vez de "Um Corpo que Cai" (que tb foi rodado em Vistavision, que junto ao Technicolor explode em cores e texturas no HD). Em "O Terceiro Tiro" esta John Forsythe, outro "quase", mas tb muuuito interessante. O curioso em relação a tecnologia do HD é que ele esta fazendo maravilhas com os classicos ("Crepusculo dos Deuses" revi na semana passada tb, meu Deus!! que p&b, e pensar que Gloria Swanson perdeu o Oscar para Judy Holliday, no simpatico mas tonto "Nascida Ontem"), com imagens mais impressionantes do que nas produções atuais, ja digitais (o Technicolor é mesmo insuperavel, ha pouco tempo li sobre como funcionava esse processo, que caiu em desuso nos anos 70, mas que é o responsavel pelo deslumbre das imagens de muitos classicos, além das cameras duplas para p&b). Enfim, o que vc vem achando dessa nova midia em HD?

celso lima disse...

Antonio, esqueci no longo comentario anterior de mencionar um presente que ganhei recentemente: "As Divas na Cozinha", um livro de Evanio Alves com receitas das divas do cinema, como Ava Gardner, Audrey Hepburn, Marilyn Monroe e todo o time. Fiquei maravilhado com Greta Garbo ensinando suas almondegas suecas, é de fato delicioso!! Hoje, domingo, farei a "Mistura Bandeira Vermelha", de Bette Davis, e o "Spaghetti a Pomodoro" de Audrey Hepburn vem em seguida. É imperdivel, inclusive pelas fotos que acompanham. Vc conhece esse livro?

Emerson Ferreira disse...

Post interessante. Muitos deles são melhores que os atores mais famosos.

annastesia disse...

Sempre gostei muito de Garner. Acho Cummings um charme e Boyd muito sexy. Ah sim! Crawford é uma figura! Está ótimo em Nascida ontem e A trapaça.
Abraços cinéfilos Nahud!

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

Celso, sou um dos amantes do Technicolor. Gosto muitíssimo de suas cores concentradas, vivas...

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

Annastesia, quanto tempo! bom tê-la de volta.

Jamil disse...

Com exceção de Garfield, todos os outros são meio canastrões, não?