abril 06, 2019

*************** A LENDA de TARZAN, o REI DA SELVA



Muitos cinéfilos acreditam que TARZAN só há um: Johnny Weissmüller. Penso diferente. Buster Crabbe, Lex Barker, Gordon Scott, Christopher Lambert e até mesmo Ron Ely também deram dignidade ao Rei da Selva. A caprichada saga do herói criado por Edgar Rice Burroughs acompanha-me desde criança, inicialmente através de gibis e do cultuado seriado de tevê. Na época, a trama nem sempre me atraía, mas o universo peculiar me hipnotizava. Identificava-me com os animais fabulosos, árvores gigantescas, rios perigosos, abismos infinitos, vales férteis, pântanos sulfurosos, cavernas secretas, povos ancestrais e civilizações avançadas.

Filho de aristocratas ingleses que desembarcam em uma selva africana após um motim, TARZAN tem seus pais trucidados por selvagens, e uma gorila que havia perdido seu filhote, acha-o e o cria. Seu nome, dado pelos macacos, significa “Pele Branca”. O primeiro a interpretá-lo cinema foi Elmo Lincoln, em “Tarzan dos Macacos”, de 1918, um sucesso que obteu renda bruta acima de um milhão de dólares. Mesmo com uma imagem nada atlética, o ator faria o personagem outras vezes. Ainda no cinema mudo, interpretaram o herói, entre outros, o gorducho Gene Pollar e James H. Pierce.

Ao longo de uma dúzia de filmes, de 1932 a 1948, o campeão olímpico de natação Johnny Weissmuller destacou-se como o mais popular e lucrativo TARZAN do cinema, sendo recordado até hoje por soltar um inconfundível grito: “ooooooh-ohohohooo-hohohoho!”. Lembra? Em 1970, o ator revelou que o grito tinha sido fabricado em estúdio pelos técnicos da Metro-Goldwyn-Mayer, combinando a voz de dois cantores de ópera (um barítono e uma soprano) e ganidos de cães treinados. Segundo algumas versões, acrescenta-se aos efeitos de som o apito de um trem. Conhecido pela sua modéstia, Weissmuller falou numa entrevista sobre o sucesso do Homem-Macaco: “Como é que um sujeito pode viver subindo árvores e dizendo 'Eu, Tarzan; tu, Jane', e ainda ganhar um milhão de dólares? O público me desculpa porque sabe que eu sou um atleta. Sabe que não atuava, não estava fingindo”. Morreu no México, aos 79 anos, enlouquecido, gritando em noites insones, acreditando ser o próprio Tarzan.

Devido à censura da época, os trajes de Weissmuller e, principalmente, de Maureen O'Sullivan, foram aumentando de tamanho de filme para filme. A censura também é responsável pela ausência de filhos da dupla, que não era legalmente casada: Boy (vivido por Johnny Sheffield), introduzido em “O Filho de Tarzan” (1939), não era filho do casal, conforme mostra o título original, e sim, adotado. Nos livros, no entanto, Tarzan e Jane são pais do menino Korak, que chega à idade adulta nos romances finais.
tarzan e jane (johnny weismuller 
e maureen o`sullivan)

Após Weissmuller, surgiu Lex Barker em 1948, interpretando o homem-macaco. Gordon Scott. Dempsey Tabler, Glenn Morris, Denny Miller, Jock Mahoney e Mike Henry também foram TARZAN no cinema. Ron Ely assumiu o personagem no seriado de tevê filmado no México, de 1966 a 1968. Alguns episódios duplos foram fundidos e exibidos nos cinemas. Das atrizes que interpretaram Jane, Maureen O'Sullivan reina absoluta. Ela fez os seis primeiros filmes da série com Johnny Weissmuller e depois desistiu porque não queria ficar marcada. Jane não aparece em todos os filmes do parceiro: ela esteve em apenas um dos cinco filmes com Gordon Scott e se ausentou de todas as produções protagonizadas por Jock Mahoney, Mike Henry e Ron Ely.

Em 2012 completou-se 100 anos da criação do TARZAN, e até hoje o sucesso continua, tanto que há poucos anos os Estúdios Disney dedicaram dois longas animados ao personagem, e surgiu uma nova série de tevê. Burroughs, seu autor, costumava ridicularizar as adaptações do seu livro, lamentando a caricatura da sua criação eternizada em celuloide por Hollywood. Afinal, sejamos justos, ele tem razão, o rústico primata das telas nada tem a ver com o ágil, encantador e valente Adônis da literatura.


ALGUNS TARZANS

ALEXANDER SKARSGÅRD
(Estocolmo, Suécia. 1976)

01
A LENDA de TARZAN
(The Legend of Tarzan, 2016)
direção de David Yates

BRUCE BENNETT
(Tacoma, Washington, USA. 1906 - 2007) 

01
As NOVAS AVENTURAS de TARZAN
(The New Adventures of Tarzan, 1935)
direção de Edward A. Kull

02
TARZAN e a DEUSA VERDE
(Tarzan and the Green Goddess, 1938)
direção de Edward A. Kull

BUSTER CRABBE
(Oakland, Califórnia, EUA. 1908 - 1983)

01
TARZAN, o DESTEMIDO
(Tarzan the Fearless, 1933)
direção de Robert F. Hill

CASPER VAN DIEN
(Milton, Florida, EUA, 1968)

01
TARZAN e a CIDADE PERDIDA
(Tarzan and the Lost City, 1998)
direção de Carl Schenkel

CHRISTOPHER LAMBERT
(Great Neck, Nova Iorque, EUA. Nasceu em 1957)

01
GREYSTOKE – a LENDA de TARZAN, o REI da SELVA
(Greystoke: The Legend of Tarzan, Lord of the Apes, 1984)
direção de Hugh Hudson

DENNY MILLER
(Bloomington, Indiana, USA. 1934 - 2014)

01
TARZAN, o FILHO das SELVAS
(Tarzan, the Ape Man, 1959)
direção de Joseph M. Newman

ELMO LICOLN
(ochester, Indiana, USA. 1889 - 1952)

01
TARZAN, o HOMEM MACACO
direção de Scott Sidney

02
THE ROMANCE of TARZAN
(1918)
direção de Wilfred Lucas

03
As AVENTURAS de TARZAN
(Adventures of Tarzan, 1921)
direção de Robert F. Hill e Scott Sidney

GORDON SCOTT
(Portland, Óregon, EUA. 1926 - 2007)

01
TARZAN e os SELVAGENS
(Tarzan's Hidden Jungle, 1955)
direção de Harold D. Schuster

02
TARZAN e a EXPEDIÇÃO PERDIDA
(Tarzan and the Lost Safari, 1957)
direção de H. Bruce Humberstone

03
TARZAN e a TRIBO NAGASU
(Tarzan's Fight for Life, 1958)
direção de H. Bruce Humberstone
04
A MAIOR AVENTURA de TARZAN
(Tarzan's Greatest Adventure, 1959)
direção de John Guillermin

05
TARZAN e os CAÇADORES
(Tarzan and the Trappers, 1960)
direção de Charles F. Haas

06
TARZAN, o MAGNÍFICO
(Tarzan the Magnificent, 1960)
direção de Robert Day

JOCK MOHONEY
(Chicago, Illinois, USA. 1919 - 1989)

01
TARZAN VAI à ÍNDIA
(Tarzan Goes to India, 1962)
direção de John Guillermin

02
Os TRÊS DESAFIOS de TARZAN
(Tarzan's Three Challenges, 1963)
direção de Robert Day

JOHNNY WEISSMULLER
(Freidorf, Romênia. 1904 - 1984)

O1
TARZAN, o FILHO da SELVA
(Tarzan the Ape Man, 1932)
direção de W. S. Van Dyke

02
A COMPANHEIRA de TARZAN
(Tarzan and His Mate, 1934)
direção de Cedric Gibbons

03
A FUGA de TARZAN
(Tarzan Escapes, 1936)
direção de Richard Thorpe

04
O FILHO de TARZAN
(Tarzan Finds a Son!, 1939)
direção de Richard Thorpe

05
O TESOURO de TARZAN
(Tarzan's Secret Treasure, 1941)
direção de Richard Thorpe

06
TARZAN CONTRA o MUNDO
(Tarzan's New York Adventure, 1942)
direção de Richard Thorpe

07
TARZAN, o VINGADOR
(Tarzan Triumphs, 1943)
direção de Wilhelm Thiele

08
TARZAN em TERROR no DESERTO
(Tarzan's Desert Mystery, 1943)
direção de Wilhelm Thiele

09
TARZAN e as AMAZONAS
(Tarzan and the Amazons, 1945)
direção de Kurt Neumann

10
TARZAN e a MULHER LEOPARDO
(Tarzan and the Leopard Woman, 1946)
direção de Kurt Neumann

11
TARZAN e a CAÇADORA
(Tarzan and the Huntress, 1947)
direção de Kurt Neumann

12
TARZAN e as SEREIAS
(Tarzan and the Mermaids, 1948)
direção de Robert Florey

LEX BARKER
(Nova Iorque, EUA. 1919 - 1973)

01
TARZAN e a MONTANHA SECRETA
(Tarzan's Magic Fountain, 1949)
direção de Lee Sholem

02
TARZAN e a ESCRAVA
(Tarzan and the Slave Girl, 1950)
direção de Lee Sholem

03
TARZAN na TERRA SELVAGEM
(Tarzan's Peril, 1951)
direção de Byron Haskin

04
TARZAN e a FÚRIA SELVAGEM
(Tarzan's Savage Fury, 1952)
direção de Cy Endfield

05
TARZAN e a MULHER DIABO
(Tarzan and the She-Devil, 1953)
direção de Kurt Neumann

MIKE HENRY
(Los Angeles, California, USA. 1936)

01
TARZAN e o VALE do OURO
 (Tarzan and the Valley of Gold , 1966)
direção de Robert Day

02
TARZAN e o GRANDE RIO
(Tarzan and the Great River, 1967)
direção de Robert Day

03
TARZAN e o MENINO DA SELVA
(Tarzan and the Jungle Boy, 1968)
direção de Robert Gordon

MILES O'KEEFFE
(Ripley, Tennessee, USA. 1954)

01
TARZAN, o FILHO da SELVA
(Tarzan the Ape Man, 1981)
direção de John Derek


GALERIA de FOTOS
 
 

Um comentário:

Erica disse...

Show de bola!👍