agosto 14, 2012

** QUAL O MELHOR FILME DE TODOS OS TEMPOS?

"a marca da maldade", de orson welles

Alguns filmes nos divertem e logo a seguir esquecemos. Outros nos envolvem, nos apaixonam, queremos vê-los mais de uma vez. São nossos “filmes do coração”. Mas sabemos que público e crítica geralmente só dão cabeçadas na hora de escolher os melhores do cinema. São visões completamente distintas. Portanto, por instantes, esqueça os críticos cinematográficos e suas verdades questionáveis. Delete da cabeça todas as listas famosas do American Film Institute, da revista Sight & Sound etc. Com honestidade, lembre-se daqueles filmes que marcaram profundamente sua trajetória de cinéfilo (a)... e vote: QUAL O MELHOR FILME DE TODOS OS TEMPOS? Sem ordem de preferência, liste de 1 a 10 fitas, de qualquer país, qualquer época ou qualquer gênero; produções milionárias ou independentes, clássicos do cinema ou raridades; títulos indispensáveis, filmes inesquecíveis que lhe impressionaram, que são eternos na sua filmografia existencial. Filmes com espírito de aventura, de prazer, de inovações e de experimentação.

Sei que decisões radicais são por vezes dolorosas. Afinal, não é fácil escolher quem entra e quem sai de uma lista de filmes fundamentais da história do cinema. “Por que este e não aquele?” é a pergunta mais frequente que se faz nessas ocasiões. De cara, me senti um traidor, deixando de fora filmes que venero como “A Oitava Esposa do Barba Azul / Bluebeard’s Eighth Wife” (1938), de Ernst Lubitsch; “As Mulheres / The Women” (1939), de George Cukor; “Cantando na Chuva / Singing’in the Rain” (1952), de Stanley Donen e Gene Kelly; “Lolita / Idem” (1961), de Stanley Kubrick, ou “A Noite / La Notte” (1961), de Michelangelo Antonioni. Mas os votos do blog “O Falcão Maltês” não são válidos nesta enquete, nem pretendem influenciar ninguém. Ainda assim, revelo a minha lista pessoal. Todos eles me seduziram. Alguns assisti várias vezes. E a sua lista? O resultado final pertence a você. Vamos lá?!

AMÉRICA, AMÉRICA – TERRA DE UM SONHO DISTANTE
(America, America, 1963, EUA)
de Elia Kazan
com Stathis Giallelis, Lou Antonio e John Marley


Globo de Ouro de Melhor Direção. Num afresco ao mesmo tempo lírico e épico, talvez seja a obra mais perfeita de Kazan. Baseada na vida do seu avô, conta como um jovem turco de origem grega deixa para trás sua pátria devastada pela guerra para começar uma vida nova. Mas o sonho não é muito fácil de realizar e se torna um pesadelo. Filme preferido de Kazan. Tem um elenco formado quase que exclusivamente por atores desconhecidos.


OS ASSASSINOS
(The Killers, 1946, EUA)
de Robert Siodmak
com Burt Lancaster, Ava Gardner, Edmond O`Brien,
Albert Dekker e Sam Levene


Um ex-pugilista se envolve com uma mulher de reputação duvidosa (o papel que transformou Ava em estrela), um roubo e uma traição. Perigo e perdição num excelente noir inspirado no conto de Ernest Hemingway. Seu remake, de 1964, dirigido por Don Siegel, também é perfeito. Estreia de Lancaster no cinema aos 33 anos, mas belo do que nunca.


FAUSTO
(Faust – Eine Deutsche Volkssage, 1926, Alemanha)
de F. W. Murnau
com Gosta Ekmann, Emil Jannings, Camilla Horn
e William Dieterle


Intensa mobilidade da câmera, uma montagem inventiva e artifícios astuciosos. O expressionismo hipnotizante de Murnau (diretor magistral que morreu jovem) divaga sobre a vaidade humana. Técnica deslumbrante, virtuosismo da mise-em-scène e impactante performance de Emil Jannings, grande ator alemão que se deu mal ao se aliar ao nazismo.


A MARCA DA MALDADE
(Touch of Evil, 1958, EUA)
de Orson Welles
com Charlton Heston, Janet Leigh, Orson Welles,
Joseph Calleia, Akim Tamiroff, Marlene Dietrich
e Zsa Zsa Gabor


Famoso por seu plano de abertura sem cortes com três minutos de duração e por sua cena final de perseguição, com um visual extravagante e efeitos sonoros experimentais. Policial barroco e diabólico que supera de longe “Cidadão Kane / Citizen Kane” (1941). Charlton Heston usou todo o seu prestígio de estrela para que o filme fosse realizado. Welles está assustador na pele de um velho policial coxo e desiludido. Marlene tem participação especial como dona de prostíbulo. Destaque também para um ótimo coadjuvante recorrente na filmografia wellesniana: Akim Tamiroff.


MORANGOS SILVESTRES
(Smultronstallet, 1957, Suécia)
de Ingmar Bergman
com Victor Sjostrom, Ingrid Thulin, Gunnar Bjornstrand,
Bibi Andersson, Max Von Sydow e Gunnel Lindblom


Cinema intimista e reflexivo, lírico e perturbador. O ponto máximo da carreira de Bergman. Uma obra que alterna o onírico e a realidade, expondo as dúvidas e recordações de um velho professor (Sjostrom, um dos grandes diretores do cinema mudo). Poética fotografia de Gunnar Fischer. Globo de Ouro de Melhor Filme Estrangeiro e Urso de Ouro de Melhor Filme no Festival de Berlim.


NARCISO NEGRO
(Black Narcissus, 1947, Inglaterra)
de Michael Powell e Emeric Pressburger
com Deborah Kerr, Sabu, David Farrar,
Flora Robson, Kathleen Byron e Jean Simmons


Cinco freiras, chefiadas pela jovem e inexperiente irmã Clodagh (a inglesa Kerr, que levou o prêmio de Melhor Atriz do Círculo dos Críticos de Cinema de Nova York e se transformou em estrela internacional, fazendo primorosa carreira em Hollywood), passam a tomar conta de um convento no isolado Himalaia, em meio a um povo não-católico. Funciona como um estudo sutil, quase inconsciente, do desejo carnal dessas freiras, tão jovens. Powell e Pressburger transmitem uma atmosfera exótica, produto da natureza em estado puro. Grande fotografia de Jack Cardiff (que ganhou o Oscar e o Globo de Ouro), com cores vivas como as paixões humanas. Excelente atuação de Kathleen Byron como uma freira histérica, que não controla seus desejos. Jean Simmons, belíssima, também brilha num papel menor.


NOITES DE CABÍRIA
(Le Notti di Cabiria, 1957, Itália / França)
de Federico Fellini
Com Giulietta Masina, François Périer, Amedeo Nazzari
e Dorian Gray


Oscar de Melhor Filme Estrangeiro. As ilusões e decepções de prostituta romântica, que vive entre a escória, mas sonha com um príncipe encantado. Atuação primorosa de Masina, que levou o prêmio de Melhor Atriz no Festival de Cannes. Uma fantástica galeria de personagens, numa composição que vai do sublime ao burlesco.


O PODEROSO CHEFÃO
(The Godfather, 1972, EUA)
de Francis Ford Coppola
com Marlon Brando, Al Pacino, Diane Keaton,
Robert Duvall, James Caan, Richard S. Castellano,
Sterling Hayden, Talia Shire, John Marley,
 John Cazale e Richard Conte


A saga do mafioso Don Corleone no submundo dos anos 40/50. Cenas clássicas (a cabeça do cavalo de raça na cama luxuosa do produtor de cinema é antológica), interpretações marcantes e trilha sonora elegante e decadente de Nino Rota. Oscar de Melhor Filme, Melhor Roteiro Adaptado e Melhor Ator (Brando, que recusou o prêmio e criou um personagem ícone de voz gutural). Levou também o Globo de Ouro de Melhor Filme – Drama, Diretor e Ator em Drama. A saga dos Corleone se estendeu em “O Poderoso Chefão Parte 2 / The Godfather Part II” (1974) e “O Poderoso Chefão Parte 3 / The Godfather Part III” (1990).


RASHOMON
(Rashomon, 1951, Japão)
de Akira Kurosawa
com Toshiro Mifune, Machiko Kyo, Masayuki Mori,
Takashi Shimura e Masayuki Mori


Deu a Kurosawa o Leão de Ouro em Veneza, o Oscar de Melhor Filme Estrangeiro e o reconhecimento internacional. Extraído de dois contos de Ryunosuke Akutagawa. Um casal é atacado na floresta por um bandido, que estupra a mulher e mata o marido. Mas as versões dos envolvidos mostram-se contraditórias. Definido pelo diretor como “parece-se com uma estranha pintura num pergaminho, que o ego desenrola e expõe”. Foi adaptado em Hollywood como “Quatro Confissões / The Outrage” (1964), com Paul Newman, Claire Bloom e Edward G. Robinson.


ROCCO E SEUS IRMÃOS
(Rocco e i Suoi Fratelli, 1960, Itália / França)
de Luchino Visconti
com Alain Delon, Renato Salvatori, Annie Girardot,
Katina Paxinou e Claudia Cardinale


Beleza plástica e força dramática. Visconti, um grande esteta do cinema, une grandiosidade e intimismo, sensualidade e drama social, numa sensibilidade diferenciada e arquitetura rigorosa. Um elenco em estado de graça, com destaque para Katina Paxinou (Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante pelo clássico hollywoodiano “Por Quem os Sinos Dobram / For Whom the Bell Tolls”, 1943) e para a francesa Annie Girardot.

  

68 comentários:

Enaldo disse...

O meu preferido de todos os tempos é Blade Runner. O meu vice-campeão é Herói. A medalha de bronze vai para 2001, uma odisseia no espaço e o quarto lugar fica com Laranja Mecânica. A partir daí não tenho ordem de preferência.

Capucine Picicaroli disse...

Fantástica a sua lista, eu ainda não assisti Rocco e seus irmãos, Rashomon e nem narciso negro, vou aproveitar a deixa e assistir! beijoxxx :)

Capucine Picicaroli disse...

Então, para mim é tão difícil fazer uma lista dos 10 melhores, eu gosto de tanta coisa, talvez faria uma dos 100 melhores para não ser injusta.. e meu gosto por filmes é muito variado...deixa eu pensar!

renatocinema disse...

Lista é sempre uma coisa pessoal.

Diria que sua lista esta próxima da minha, porém, sempre sinto, no coração que a trilogia sobre Don Corleone merece o primeiro lugar......o filme da minha vida, sem dúvida.

Capucine Picicaroli disse...

Então vamos lá: O poderoso Chefão que está na sua, E o vento Levou que eu amo, assisti muuitas vezes, Perdidos na Noite que eu acho tão interessante e adoro a trilha sonora, acho triste e não é o tipo de filme que gosto, drama né, mas esse me comoveu muito. Um corpo que cai que acho também super interessante, Pulp Fiction amo, também assisti muitas vezes, a trilha sonora é fantástica, os personagens são mega interessantes! A felicidade não se compra, esse eu assisti bem criança e fiquei impressionada.. depois ví outras vezes e gosto muito, Lawrence também adorei...Blade Runner acho ótimo, amo a fala final do Androide, choro todas as vezes que assisto...kkkkkk

Fabi disse...

...E o vento levou
Noites de Cabíria
Através de um espelho
Crepúsculo dos Deuses
Muito além do jardim
O grande ditador
Os esquecidos (Buñuel)
Lavoura Arcaica
Tudo sobre minha mãe
2001- Uma odisseia no espaço

Fabi disse...

(A minha lista não tem ordem, aí ia ficar muito difícil hehe)

Cefas Carvalho disse...

Amigo Nahud. Tenho 2 listas. Uma é a dos 10 filmes que levaria para uma ilha deserta, aqueles que talvez nem sejam isso tudo, mas que por alguma razão entraram na minha vida, no meu imaginário e são os meus 10 filmes (como "Veludo azul", "Hair" e "Jesus Cristo Superstar"). Mas, dos filmes que - somendo cérebro e coração - considero os 10 melhores (incluindo aí, a importância que tem para a história do cinema), são esses:
1 Cidadão Kane
2 Casablanca
3 Cantando na chuva
4 Roma, cidade aberta
5 Matar ou morrer
6 Rocco e seus irmãos
7 Luzes da cidade
8 Gritos e Sussurros
9 Jules e Jim
10 A doce vida

Claro que a lista ganharia menções honrosas como "A felicidade não se compra" e "M - o vampiro de Dusseldorf" e muitas, muitas, outras. No fim das contas, o legal mesmo é fazer listas e depois alterá-las e compara-las com as listas dos amigos e assim la nave va. Abração!

Marcelo C,M disse...

Lista dos melhores dos melhores sempre da polemica, portanto fico em cima do muro com relação a isso. Mas não custa lançar sempre uma listinha dos seus filmes preferidos, que realmente mexeram com vc e que te fez lhe pegar vendo inúmeras vez. Abaixo solto os meus dez filmes preferidos e uma menção honrosa.

1°Blade Runner
2°Cidade dos Sonhos
3°Pulp Fiction
4º2001: Uma Odisséia no Espaço
5°O Senhor dos Anéis a trilogia
6ºLaranja Mecânica
7°Matrix
8°Era uma vez no Oeste
9°Psicose
10°Ed Wood

Menção Honrosa: O Poderoso Chefão

Edivaldo Martins disse...

É dificil dizer qual o melhor filme de todos os tempos,mesmo se tratando de listar de 1 a 10. Mas vamos lá: ...E O VENTO LEVOU;UMA RUA CHAMADA PECADO;UM CORPO QUE CAI; CIDADÃO KANE;PSICOSE;SINDICATO DE LADRÕES;RASTROS DE ÓDIO;JOHNNY GUITAR;VINHAS DA IRA;CASABLANCA!

Assecom disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Raildon Lucena disse...

Lista difícil, mas vou puxar pela memória, sem recorrer a anotações e fazer uma lista com os meus 10 filmes preferidos:

Um Corpo que Cai
Cidadão Kane
Blade Runnner
Cantando na Chuva
Morangos Silvestres
Fellini Oito e Meio
Quanto Mais Quente Melhor
Cidade de Deus
Os Caçadores da Arca Perdida
O Tesouro de Sierra Madre

Denis Dequian Bezerra disse...

Os Miseráveis me marcou demais.O mercador de pedras tmb é interessante

Weynna Dória disse...

Mesmo não sendo a favor de listas, "O PODEROSO CHEFÃO" é "O PODEROSO CHEFÃO". :\o/

Elisandra Pereira disse...

Terminei de ler seu blog na íntegra. Vou tomar a liberdade de te sugerir alguns temas de post, tá?
Abraço!

Luís disse...

Desses, só vi "Rocco e Seus Irmãos", mas eu estou ansioso por conhecer "Rashmon" e "O Poderoso Chefão", bem como "A Marca da Maldade", que já estão na minha lista de próximos títulos para ver.

Imaginário disse...

Na minha lista de bons filmes caberiam muito mais que dez, mas aceitei anotar os primeiros dez que me vieram à mente. Meu único critério é o gosto, mesmo.
1. Sonhos (Kurosawa)
2. Alice nas cidades (Wenders)
3. Cidadão Kane (Welles)
4. Tempos modernos (Chaplin)
5. O Grande ditador (Chaplin)
6. Casablanca (Curtiz)
7. Morangos silvestres (Bergman)
8. Je vous salue, Marie (Godard)
9. Esse obscuro objeto do desejo (Buñuel)
10. Nosferatu (Murnau)
Abraço.
Gilson.

Fimc14 disse...

Pergunta complicada. Todos os filmes do Charlie Chaplin, especialmente Luzes da Cidade. E tudo o vento levou.

disse...

Nasce uma Estrela (1937)
Casablanca
Ben-Hur
A Dama de Xangai
Um dia em Nova York
Oito e Meio
A Noite Americana
Morangos Silvestres (concordamos nesse! Filme fantástico e tocante)
Luzes da Cidade
A Caixa de Pandora

Tem coisa mais difícil que fazer um Top 10? É mesmo de partir o coração deixar alguns de nossos favoritos de fora.
Abraços!

Fábio Henrique Carmo disse...

Nahud, difícil escolher sem cometer injustiças. Vou pensar com carinho e até amanhã passo aqui novamente e elenco os meus 10! Inté!

Anônimo disse...

Um Corpo Que Cai
O Iluminado
Persona
Cinema Paradiso
Perdidos na Noite
Ladrões de Bicicleta
A Primeira Noite de um Homem
A Rosa Púrpura do Cairo
Amarcord
Oldboy

Anônimo disse...

A Malvada
Quem tem medo de Virginia Woolf?
Crepúsculo dos Deuses
Uma rua chamada pecado
Cabaret
Gritos e sussurros
Sonata de outono
Três homens em conflito
Dr. Strangelove
Lanternas Vermelhas
Mademoiselle

e de bônus, 2001, 12 homens e uma sentença, Tempos modernos, Cidade dos sonhos...

Resolvi responder pra fazer um exercício mental, sempre achei listas são complicadas. Mas até que não foi tão difícil. Esses são alguns dos filmes que eu admiro e que me fizeram falar neles durante muito tempo.. na verdade, esse foi o critério. haha.
Parabéns pelo blog! Abç.

Jonathan De Assis disse...

Realmente é dificil fazer listas, a minha ficaria mais ou menos assim: 1.The Godfather & Godfather Part II; 2. Goodfellas; 3.Era Uma Vez no Oeste; 4.Pulp Fiction; 5.Apocalypse Now; 6. Barry Lyndon; 7.No Country For Old Men; 8. Annie Hall; 9.Blade Runner; 10. Boogie Nights... enfim fica muita coisa de fora, Taxi Driver, mas tentei colocar um filme por diretor, mas no caso do Coppola não deu...

Gilberto Carlos disse...

O meu filme preferido é E o vento levou. Da sua lista gostei muito de Rashomon, Morangos silvestres e O poderoso chefão.

Aline disse...

Difícil escolher apenas 10, mas minha lista seria assim:
1) Cidadão Kane
2) Tempos Modernos
3) Casablanca
4)O Mágico de Oz
5)E o vento levou
6) Psicose
7) O que terá acontecido a Baby Jane?
8) 2001 - Uma Odisseia no Espaço
9) Gilda
10) A malvada

Elisabete Cardoso disse...

Não vi todos, logo tenho outros filmes como referência. O padrinho e o Rashomon são pontos importantes da história do cinema. Gostei dos Assassinos, mas não me parece que seja um dos melhores de sempre. Do Bergman tenho um carinho especial pelo sétimo selo. Ao ler os outros comentários gostei de ver repetida a referência a Blade Runner porque eu também gosto muito. Na minha lista pessoal estão John Ford, Casablanca, E tudo o vento levou, Orfeu, etc.

Rodrigo Duarte disse...

Essa pergunta é dificílima Nahud. Como alguém disse em um dos comentários, fazer uma de 100 filmes não seria tão custoso, mas 10 é muito pouco.
Do que você listou a minha certamente conteria "Rashomon". Minhas escolhas seriam outras para Visconti, Fellini e Bergman. Abraço.

Jefferson C. Vendrame disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jefferson C. Vendrame disse...

Da Sua Lista só assisti O Poderoso Chefão (credo preciso rever meus conceitos, que cinéfilo sou eu?)

Minha Lista é dividida em duas, ou seja, meus 10 filmes preferidos entre todos, e meus 10 filmes preferidos da atualidade,embora alterne as vezes algumas posições elas são compostas pelas seguintes produções:

1-UM LUGAR AO SOL,
2-A FELICIDADE NÃO SE COMPRA,
3-SINDICATO DE LADRÕES,
4-CASABLANCA
5-RASTROS DE ÓDIO,
6-JUVENTUDE TRANSVIADA,
7-A MALVADA
8-O HOMEM QUE MATOU O FACÍNORA,
9-,ASSIM CAMINHA A HUMANIDADE,
10-UM CORPO QUE CAI,

ATUALIDADE:

1-TITANIC (1997)
2-DANÇA COM LOBOS,
3-O SENHOR DOS ANÉIS,
4-A LISTA DE SCHINDLER,
5-O SEXTO SENTIDO,
6-O RESGATE DO SOLDADO RYAN,
7-FORREST GUMP,
8-A ESPERA DE UM MILAGRE,
9-NAUFRAGO,
10-OLGA.

Fábio Henrique Carmo disse...

Bem, vamos lá (sem ordem de preferência):

- ...E O Vento Levou;
- O Poderoso Chefão;
- A Doce Vida;
- Luzes da Cidade;
- 2001 - Uma Odisseia no Espaço;
- Morangos Silvestres;
- Casablanca;
- Um Lugar Ao Sol;
- A Lista de Schindler;
- Cinema Paradiso.

É isso aí! Abraço, Nahud!

Anônimo disse...

Antonio

Essa tarefa é mais difícl do que escolher os atores, mas vamos lá..

E o vento levou
Casablanca
A Malvada

Estes de cima eu amo de paixão, estão acima de qualquer lista que eu consiga elaborar.

Crepúsculo dos Deuses
Um corpo que cai
Janea indiscreta
Rastros de òdio
Um lugar ao Sol
Cantando na Chuva
Reliquia macabra(Falcão Maltês)
Gilda
Tarde demais para esquecer
O Senhor dos Anéis (meu representante do meu lado nerd)

Mas tem tantos que ficaram de fora..
Abração
Marco Antonio




Renato Hemesath disse...

Muito boa a lista! confesso que ainda não saberia como organizar os meus hierarquicamente.

Este do Visconti parece realmente memorável. :)

Tomás Rosa Bueno disse...

Dois que vejo e revejo há anos, e sempre encontro novidades:

Hiroshima, mon amour, Alain Resnais, França, 1955(?).

Homem com a câmera na mão, Dziga Vertov, Ucrânia, 1929.

Márcio Sallem disse...

Gostei da brincadeira. Sem ordem:

Persona
8 1/2
A Noite Americana
A Marca da Maldade
O Poderoso Chefão (a trilogia em si)
O Senhor dos Anéis (a trilogia em si)
Clube da Luta
Os Sete Samurais
Cidade de Deus
Cidadão Kane

M. disse...

Fico com a trilogia de "O Poderoso chefão"!

Rodrigo Mendes disse...

Todos os melhores filmes de todos os tempos cabem na minha Kombi, rs!

Abs.

Anônimo disse...

Ai
Sempre que me pedem uma lista me dá branco.
Não sei fazer lista, mas adorei a tua.
Carla Reverbel

Karla Hack dos Santos disse...

A sua lista é linda!
Adorei a ideia de esquecer do mundo e fazer algo pessoal.. acho que é isto que importa no cinema.. o sentimento que guarda...

A minha lista - sem ordem pq não consigo - é esta: Casablanca, Pulp Fiction, Um sonho de liberdade (este é um marco imensurável da minha infância, Amores Brutos, Um Corpo que Cai, Psicose, Cantando na Chuva, Luzes da Cidade, Fausto e Mulheres a Beira de Um Ataque de Nervos (Outro muitoooo pessoal).

;D

Chico Lopes disse...

Legal essa enquete, e eu respondo aqui: Um corpo que cai, Blade Runner-Caçador de Andróides (de Ridley Scott, Os inocentes (de Jack Clayton), Nosferatu (de Herzog), Rastros de Ódio (de Ford), Crepúsculo dos deuses (de Billy Wilder), A estra
da (de Fellini), O leopardo (de Visconti), "Tempos modernos" (de Chaplin), "Veludo azul" (de Lynch)... Mas uma lista de filmes queridos sempre dá em mais que dez. É por isso que a fórmula Dez Filmes sempre deixa um gostinho insatisfatório, né?...

Ana Paula Chagas disse...

Pergunta dificílima Antonio. O meu Top 10 tem, pelo menos, 25 filmes, mas vou tentar reduzir.

Lucas Mariano disse...

Dessa lista, fico com "Morangos Silvestres".

Paulo Máttar disse...

Rashomon, sem dúvidas...

Fernando Sobrinho disse...

Da lista do Antonio Nahud Júnior, eu fico com o óbvio O Poderoso Chefão. Óbvio, mas sensacional e eternamente magistral.

Matheus Borba disse...

pra mim é Metropolis. :~

Marisa Correa Silva disse...

pra mim é Metropolis. :~

José Araripe Jr. disse...

Topo começar com uma listas dos 200 melhores...

Hugo disse...

É impossível escolher o melhor de todos os tempos, o que ocorre é que um determinado filme pode ser escolhido por um grupo de votantes ou por uma pessoa.

São muitas filmes que podem estar entre os dez mais, a escolha acaba sendo pessoal.

Abraço

Rafa Amaral disse...

Incrível Falcão! Terra de um Sonho Distante é mesmo um filmaço e fico feliz de ver essa obra em sua lista, assim como outras, como Rocco. Difícil fazer uma lista assim, já que toda lista, acho, nasce injusta. Na minha certamente haveria espaço para obras mais conhecidas como Casablanca e Oito e Meio, mas também a outras como Cinzas e Diamantes e, talvez, A Batalha de Argel. Grande abraço.

Anônimo disse...

Já que é uma lista pessoal aqui vai a minha lista:

Contatos imediatos do terceiro grau
Annie Hall
Taxi Driver
Bastardos Inglórios
Um Beijo Roubado
8 1/2
Band a Part
Os Incompreendidos
Cidadão Kane
2001 - uma odisseia no espaço

Yves.

Gabriel França disse...

Faltou:

A Lista de Schindler
O Resgate do Soldado Ryan
Psicose
Rastros de Ódio
Os Caçadores da Arca Perdida
Desejo e Reparação
etc..

Rato disse...

Não repetindo realizadores, hoje a minha lista seria esta, por ordem cronológica (amanhã poderia ser outra, não totalmente mas certamente diferente):

1927 - SUNRISE (Murnau)
1931 - CITY LIGHTS (Chaplin)
1939 - GONE WITH THE WIND (Fleming)
1958 - VERTIGO (Hitchcock)
1959 - BEN-HUR (Wyler)
1961 - WEST SIDE STORY (Wise/Robbins)
1968 - 2001: A SPACE ODYSSEY (Kubrick)
1968 - ONCE UPON A TIME IN THE WEST (Leone)
1972 - CABARET (Fosse)
1972-74-90 - THE GODFATHER (I-II-III)(Coppola)

O Rato Cinéfilo

Victor Ramos (Jerome) disse...

Estou em dívida com o Fellini e ainda não vi A Marca da Maldade.

Injeção Cinéfila

siby13 disse...

Olá Antonio querido,também tenho meus preferidos_ Não necessariamente nesta ordem.

1- Doutor Jivago
2- Por quem os Sinos Dobram
3- A Ponte de Warterloo
4- Rebecca_ A Mulher Inesquecível
5- Lucky Star
6- Stella Dallas_ A mãe redentora
7- A mulher dos meus sonhos
8- Lawrence da Arábia
9- Rastros de Ódio
10-O Morro dos ventos uivantes

Beijos & Beijos

J. BRUNO disse...

Eu consigo apontar com facilidade qual é o meu filme favorito e o curioso é que ele não está na minha lista dos melhores de todos os tempos, principalmente porquê o meu gosto por ele parte de uma questão pessoal, quase emocional e seria uma injustiça colocá-lo ao lado de obras de maior relevância para o cinema como expressão artística. Do mesmo modo, acho muito complicado elaborar um ranking, mas vou tentar apontar aqui 10 dos que considero alguns dentre os mais importantes de todos os tempos, vamos lá:

1 - O Sétimo Selo
2 - Ladrões de Bicicleta
3 - Viver a Vida
4 - Um Corpo que Cai
5 - Luzes da Cidade
6 - Sindicato de Ladrões
7 - A General
8 - O Encouraçado Potemkin
9 - Amarcord
10 - Cidadão Kane

Suzane Weck disse...

Que beleza de enquete,vou também dar minha opinião embora difere um pouco da grande maioria.Aliás todos estes filmes mencionados são ultra bons,sem duvida,então vou dizer que vou dar a lista dos filmes que gostaria sempre de rever por me deixarem em estado de alegria,felicidade,infantilidade,musicalidade enfim,não preciso pensar,me angustiar e apenas me sentir bem com a vida.A ordem é aleatória..... Um americano em Paris Around the world in 80 days Mon Uncle Cabaret Singing in the rain Mágico de Oz Hair Butch Cassidy O maior espetáculo da terra Whit a song in my heart{vida de Jane Fromann Beijo no coração querido amigo Falcão.

Suzane Weck disse...

Ola,Não sei porque as virgulas entre os nomes dos filmes sumiram.Acontece........ Bjs.

David C. disse...

Tu lista me gusta bastante. Le agregaría Casablanca.
Saludos
David

Ligéia disse...

Melhor filme de todos os tempos? Nossa, Antonio, rs, bem complicado. Tem muito filme que eu adorei demais, que eu vejo e revejo (e deixo de ver outros que ainda não vi...), mas tive que escolher dez, então escolhi estes:

O que aconteceu com Baby Jane?
Cidadão Kane
Crepúsculo dos Deuses
Doutor Jivago
Disque M Para Matar
Cleópatra
Cinema Paradiso
O Carteiro e o Poeta
A Letra Escarlate
Don Juan DeMarco


Ainda escolhi A Lista de Schindler, mas vi que tinha onze...

Um abração pra você.

Leandro Afonso disse...

Gosto de ver Kazan e NOITES DE CABÍRIA nessa lista.

Senti falta de algum soviético, mas é inevitável esse sentimento em qualquer lista, e parte da diversão tá justamente aí.

Abraço, Antonio.

Lidiana Soares disse...

Bom, sua lista me fez perceber que ainda não conheço quase nada de filmes, sobretudo os antigos e europeus ou asiáticos, porém quero como sou uma pseudo-cinéfila contribuirei com minha humilde lista, de acordo com tudo que já assisti e me impressionou, e me fez sentir a diferença entre os outros filmes assistido por mim, lá vai:
1. E o vento levou...
2. Forrest Gump
3. Quiz Show - A verdade dos bastidores
4. Naufrago
5. Cidade de Deus
6. Casa dos Espíritos
7. Trainspotting
8. Chumbo Grosso
9. Laranja Mecânica
10. Match-point

Dilberto L. Rosa disse...

Ah, listas serão sempre pessoais e já publiquei uma dúzia delas nos Morcegos... Mas filmes como "Cidadão Kane", "2001", "Vertigo", "Oito e Meio","Cantando na Chuva" e "Encouraçado Potenkin" etão entre os meus favoritos...

Caro Nahud, sempre apreciei suas respostas aos comentários: porém, quando de volta à postagem onde deixei um comentário, não o encontrei (sobre a mais bela atriz), algo que achei bem estranho... De qualquer forma, você já sabe que os Morcegos estão no ar e até os comentários, que começaram fora, já estão de volta, a pedidos...

Abraço e parabéns pelo lançamento do livro!

Leandra disse...

Fico com "A Malvada"; "Fatalidade" de George Cukor; "Noite de Estreia" de Cassavetes; "Cantando na Chuva"; "Crepúsculo dos Deuses"; "Um Corpo que Cai"; "Morangos Silvestres"; "Um Lugar ao Sol"; "Casablanca"; "Luzes da Ribalta".

Jamil disse...

Da sua lista, fico com Narciso negro, Rocco e seus irmãos e Morangos silvestres. Acrescento A felicidade não se compra, Cantando na chuva, Cidadão Kane, Um corpo que cai, Oito e meio, Crepúsculo dos deuses e Viver a vida.
Quando sairá o resultado?

Nasser disse...

Fiquei com vontade de ver "América, América". Kazan é um dos meus diretores favoritos. Segue minha lista:

A DOCE VIDA
CLAMOR DO SEXO
VIDAS AMARGAS
CANTANDO NA CHUVA
UM CORPO QUE CAI
CASABLANCA
MORANGOS SILVESTRES
LOLA MONTEZ
CREPÚSCULO DOS DEUSES
CIDADÃO KANE

Angela Morback disse...

Os meus votos são O sol é para todos, Uma rua chamada pecado, Casablanca, Suplício de uma saudade, Tarde demais para esquecer, Crepúsculo dos deuses, Luzes da cidade, Assim caminha a humanidade,Bonequinha de luxo e Quanto mais quente melhor.

Angela Morback

tozzi disse...

Difícil fazer uma lista dos 10 melhores, eu gosto de tanta coisa,mas vou tentar, na emoção.

AMOR, SUBLIME AMOR
LADRÃO DE BICICLETAS
O LEOPARDO
BONNIE Y CLIDE
CHINATOWN
CASABLANCA
DOUTOR JIVAGO
MOUCHETTE
FELLINI OITO E MEIO

Beijão. Fico feliz por estar de volta a todo vapor.

Brenda Rosado disse...

Falcão, minha lista beeeeeeem pessoal:

ASSIM ESTAVA ESCRITO; A NOVIÇA REBELDE; O MORRO DOS VENTOS UIVANTES; A MALVADA; 2001: UMA ODISSÉIA NO ESPAÇO; A EMBRIAGUÊS DO SUCESSO; GATA EM TETO DE ZINCO QUENTE
NO CALOR DA NOITE;CREPÚSCULO DOS DEUSES.

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

Amigas e amigos, VOTAÇÃO ENCERRADA. Vamos ao resultado.